28 outubro, 2010

Portas e Janelas, Face Plena, Cara Fechada, O Nosso Amor e Brota a Lenda (1.865)

Portas e Janelas
João Lenjob

Por tantos gestos
Motivos de alegria
É que me vê assim amor
Está chegando
E já vem sorrindo
E eu abro as portas
E todas as janelas
O sol que bate
E me fito sob o seu sorriso
Sob o efeito da claridade
E do sentimento que mais nobre
Do amor quando eterno
E do peito que dispara
E apreciando o seu aproximar
O leve caminhar
Ansioso e ansiosa
A espera do abraçar
E da saudade então matar
E por alguns momentos
A alegria se eternizar.

A Atriz Ana Gusmão arrebenta hoje no Castelo do Poeta, http://castelodopoeta.blogspot.com, atuando e Conversa de Senhoras.

Face Plena
João Lenjob

A sua face plena
De olhos tão grandes
E um jeito de olhar
Sereno, constante
Que dá poesia
E fala com alma
E atua em versos
Que eu tanto fiz
A sua face plena
De olhar preciso
Que toca meu peito
Mistura tudo o que sinto
E jorra na alma
E brinca, briga, brinca
Eu vou amar
Amo sua face minha
Plena em meu querer
E que também me quer
Que parece eterna
E faz e que não faz
Não sai de mim.

A Atriz Ana Gusmão arrebenta hoje no Castelo do Poeta, http://castelodopoeta.blogspot.com, atuando e Conversa de Senhoras.

Cara Fechada
João Lenjob

Sou o teu poeta sempre
Que acalenta o todo Deus
E que convence que o amor
Pode ser melhor que sofrer
E que simplesmente viver por aí
Insisto na vontade que só, caminha
E que nos envolve e puxa, puxa!
Que toca nas mãos tão sãs
E abraça cada detalhe do coração.

Eu escrevo os sonhos
E tento compartilhá-los aos teus
Brinco com a tamanha beleza
E brigo com a cara fechada
Eu tento abrir o meu sorriso
E acompanhando a lua, te viver
Viver os teus nome, corpo, olhar
Que faz com que vivas os meus
E entontece o tão inerte
E abraça cada verso do coração.

A Atriz Ana Gusmão arrebenta hoje no Castelo do Poeta, http://castelodopoeta.blogspot.com, atuando e Conversa de Senhoras.

O Nosso Amor
João Lenjob

Você se parece comigo
E tem compromisso com amor
Faz do mundo um abrigo
E eu lhe encontro como flor
Você me vê como o amigo
E eu jásinto a sua cor
Você corresponde que há comigo
E eu transformo a sua dor
Você se parece comigo
E eu sinto de longe o seu odor
Ouve sempre o que lhe digo
Me considera só seu escritor
Mas eu sou só mais um amigo
E conheço assim o nosso amor.

A Atriz Ana Gusmão arrebenta hoje no Castelo do Poeta, http://castelodopoeta.blogspot.com, atuando e Conversa de Senhoras.

Brota a Lenda
João Lenjob

Vendo que vendo a venda minha
Na esquina tem uma venda
Que prenda vou te buscar
Eu já não vendo o que sinto
Só prendo e te amo
E não dá pra vender
Mas sei que vai sempre render
A renda da venda da prenda
Daquilo que brota e não é lenda
De tudo que leio, amo na esquina
Que me compreenda mais
Como compreendo.

Continuem comprando meu livro enviando um email para contatolivredetroia@yahoo.com.br com o título LIVRO.

Pessoas, todos bem?? Se ontem foram cinco poemas tristes hoje deixo cinco alegres. Vamos ver segunda. Por gentileza entrem e comentem o vídeo da amiga e atriz Ana Gusmão em http://castelodopoeta.blogspot.com. Vale a pena mesmo.
Atenciosamente,

João Lenjob
lenjob@gmail.com

10 comentários:

  1. Amigo estava sempre apressada quando entrava no blog...mais agora deu uma e agora dei uma espiadinha e como sempre são lindas e profundas.

    Kisssss

    ResponderExcluir
  2. Metáforas carregadas de fortalezas onde brincas com as palavras dando efeito ao sentimento interiorizando o amor .
    Nem sei o que falar de tamanha beleza de poesias que edifica a escrita de um poeta onde formas e idealiza a vida e os sonhos.

    Meu beijo

    ResponderExcluir
  3. Belo... lindos seus versos!

    ResponderExcluir
  4. O poema "O Nosso Amor" É completamente lindo, puro, singelo, é difícil escolher um! Te ler na verdade é viciante!
    Estava sentindo falta daqui...
    Overdose de poesia!
    B-Jos. Magnífico.

    ResponderExcluir
  5. João,
    A sua sensibilidade me emociona e me alegra.
    Saber que ainda existe nesse mundo pessoas como vc, é bom demais.
    Sucesso, sucesso, sucesso!
    bjss
    Mirita do Teves.
    Deus abençoe vc!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. João,
    cada verso teu é a mais pura expressão de sensibilidade e prazer aos meus olhos...
    Lindos os cinco...
    Um beijo..
    Vou lá no teu Castelo agora.... pisc ..

    ResponderExcluir
  7. João, adorei todos os cinco. Versos carregados de uma sensibilidade que aflora no compasso da leitura. Um beijo

    ResponderExcluir
  8. Olá João,tudo bem,que blog mais lindo esse seu hein,de muito bom gosto...estou seguindo vc,pois amei as poesias...gd bjo pra tí!

    ResponderExcluir
  9. Ótimos todos eles! Em especial esse trechinho:
    "Que toca meu peito
    Mistura tudo o que sinto
    E jorra na alma"
    ;*

    ResponderExcluir
  10. É sempre muito bom estar aqui, amigo Poeta !

    ResponderExcluir