20 outubro, 2010

Olhar Colorido, Corpo Docente, Brincando e Pulando, Te Amando e Como a Lua (1.750)

Olhar Colorido
João Lenjob

Tu que se entregas à vida
Fazes da noite, mais bela e bonita
E trazes contigo a beleza e o sorriso
E o azul verdejante que colore o olhar
Tu que te encontras em meus sonhos
Cintilas encantando as matas e as noites
Tens caule perfeito que brinca comigo
Junto aos teus negros cachos jorrando no ar
Tu que serenamente brotaste em meu peito
Fazendo de minhas veias toda a natureza
E falas do amor como se ele existisse
Tão puro e singelo como gostas de sentir
E eu que de longe tanto te aprecio
Pareço, não existo, mas sei que estou vivo
E nunca encontro as palavras para te dizer
Do jeito então que que me fizeste renascer.

Não deixem de conhecer o Castelo do Poeta, http://castelodopoeta.blogspot.com e comentem. Deixem lá sugestões e por favor indiquem.

Corpo Docente
João Lenjob

No meu corpo docente és professora e eu estudante
No limiar da minha pele és quem ensina e eu quem aprende
E que aprende a prenda de teu sentimento a me deter
E que resolve as aulas com o amor que me fizeste entender
Que no corpo docente, és quem domina e sou teu prazer
Emana a viagem nas alturas tão difícil de compreender
O que não tem como saber, o que não há como saber
Que no corpo docente tu quem pesquisas o meu remeter
E no corpo docente é a tua escola, tua labuta, teu ser
E que levas no pensamento e que faz o teu peito forte bater
Que acelara a respiração e a minha também não tem como conter
Que faz do céu perto e das palavras eu quem vai tecer
O que não tem como saber, não há como saber, do corpo docente.

Não deixem de conhecer o Castelo do Poeta, http://castelodopoeta.blogspot.com e comentem. Deixem lá sugestões e por favor indiquem.

Brincando e Pulando
João Lenjob

Dançando na vida
Bailando em uma alma
Fazendo bagunça
Jorrando alaridos
Vendavando carnavais
Brincando com fadas
Cantando com os grilos
Pulando com os sapos
Festejando nas matas
Conversando com estrelas
Sorrindo assim pra lua
Sorrindo pro mundo
Compartilhando a alegria
Porque eu te amo.

Não deixem de conhecer o Castelo do Poeta, http://castelodopoeta.blogspot.com e comentem. Deixem lá sugestões e por favor indiquem.

Te Amando
João Lenjob

Amo-te sonhando
Sonho-te querendo
Quero-te sorrindo
Sorrio te vivendo
Vivo-te imaginando
Imagino te busscando
Busco-te sossegando
Sossego-te sentindo
Sinto-te tocando
Toco te atuando
Atuo te amando.

Não deixem de conhecer o Castelo do Poeta, http://castelodopoeta.blogspot.com e comentem. Deixem lá sugestões e por favor indiquem.

Como a Lua
João Lenjob

Chegou como a lua
Mansinha e serena
Discreta e tão bela
Brilhante e apaixonada
Escondida e apaixonante
Como se me quisesse
Como eu a quero
Chegou do destino
Me buscando para ele
Trazendo a saudade
E levando a tristeza
Com o sorriso singelo
Tão irradiante como a lua
Ausente e presente.

Continuem comprando meu livro enviando um email para contatolivredetroia@yahoo.com.br com o título LIVRO.

Pessoas, todos bem? Mais um pedacinho da Paloma pra vocês em um pouquinho de cada poema. Importante a leitura de todos, pois hoje não teve com classificar. Todos eu gostei no mesmo grau. Não deixem de visitar o http://castelodopoeta.blogspot.com que tá bombando. Na foto comigo o meu Tio Osvaldinho.
Atenciosamente,

João Lenjob
lenjob@gmail.com

7 comentários:

  1. És tu, poeta que disperta tão deliciosos sorrisos nos rostos de quem o lê, que destranca as gavetas dos corações que há tempos trancava-se para o mundo.
    Belos teus poemas!

    ResponderExcluir
  2. Oi João,que legal esse seu espaço, realmente muito agradavel , adorei os poemas :)
    e agradeço pela visita la no blog volte sempre .

    bjos
    http://garotablack.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. O Como a lua é lindo! Adorei!
    Quem sabe na Feira do Livro de POA ano q vem vc venha lançar algum livro por aqui. Faz uma tarde de autógrafos!

    ResponderExcluir
  4. João , to no castelo agora :) vou comentar lah

    bjos

    ResponderExcluir