08 julho, 2009

Lelê e Em Ouro Preto - Participação: Mariana Vida

Em Ouro Preto

E sobre tumbas
Quantas igrejas barrocas
Casas antigas e muita gente
Que bebe pra ser feliz
No amor as ruas
Se desfrutam na garoa
Nas ladeiras brincam de vida
E deixam a passear
Em Ouro Preto
Que era a raridade escura
Minas boas, novas chances
E eu me faço a navegar
Em cada esquina um café tão matutino
Um tiradente infinito e tão eterno
E tanta gente a festejar.

Texto: João Lenjob
Fotografia: Mariana Vida

Lelê
João Lenjob

Eu vou dançar
Uma canção pra Lelê
Uma canção de afeto, de amor
Eu vou dançar
Eu vou dançar com a Lelê
Uma canção menina, flor
Já recordo, só vivo você
Para vê-la bailar
Sei que tão bela cintila no céu
Tão doce, voa com gosto de mel
Ciranda de encanto e ao meu redor
Só eu sei assim de cor
Com você, Lelê.


Começei este semana o ícone no Blog chamado PERSONALIDADES e com uma pessoa total. Nada mais cabe para falar do JOSÉ ROBERTO DE SOUZA. Ele é total mesmo. Começar este projeto assim não aceita erro, é um desafio, pois o Zé é realmente uma pessoa diferente.

Zé Roberto
João Lenjob

O conheço nem sei desde quando. Já nasci com a presença desta célebre e cordial pessoa em minha vida, pois claro, é meu primo. Há algum tempo ainda sentia uma indiferença por parte dele e com minha lenta maturidade descobri que era uma “bobeira” de minha parte. O Zé Roberto é uma gentileza viva. Um camarada discreto, puro e educado, que carrega uma simpatia incabível nos dias de hoje. Estou certo que todos que o conhecem pensam a mesma coisa que eu. Se não bastasse a tamanha amizade que ele tem comigo, embora primo e “quase” tio, pois tive esta referencia também desde minha infancia, o Zé é um talento nato.
Tendo em vista tais características, claro que com tamanho carisma, a profissão comercio não ficaria distante e foi assim que herdou do pai e avô a direção e a responsabilidade de manter sua obra no interior, minha terra Nova Era. Mas nem é este o talento que cito, pois isto é genético. Evidencia-se uma inteligencia não convencional para brincar com vitrines.
Estive uma vez tomando “umas” com ele ao fechar da loja e ele me confidenciou a importancia, a divulgação, a provocação e a sedução que uma boa vitrine pode causar. Em cerca de vinte minutos, montou uma vitrine de varias cores, com travesseiros, edredons, panos e rendas afins e foi de causar frisson. O diferencial, a pontuação, a marcação, a discrição, todas sem tamanho. O Zé fez com uma habilidade que realmente pensei: -este é o artista! Depois ainda me mostrou detalhes de outras: ternos, tênis, sapatos, lycras e tudo impecavelmente distribuído com cores relativamente sequentes e idealizadas, sem erros, sem exageros.
Para mim não bastava, pois antes desta arte de “vitrinar”, o Zé Roberto também em minha infancia me guardou varios momentos até de tiete, torcendo para o time da familia e lembro dele contendo uma absoluta habilidade com a bola no pé. Depois com a bola na mão, ajudando, oferecendo uniformes, apoiando o esporte como poucos em Nova Era apoiaram. Evidenciando o nosso Atlético como também, poucos torcedores fizeram e enfim: diferenciando. E dá-lhe Magazim!!!
Tem mais: só quem mora, passeia, conhece Nova Era sabe, o filho do eterno Zé Canoa ainda é um dos grandes ou maiores músicos da historia da cidade. Esta querida terra guarda grandes membros da percussão, mas não recordo de ter ouvido ou entendido ou compreendido alguém que tivesse o mesmo manuseio, inspiração e intimidade com os couros que cobrem os metais circulares como ele. Conversando com ele, sem saber que seria dono deste artigo, ele me mostrava os toques e batidas e tempos e inventos de cada instrumento do perfil. Curiosamente até o que eu me sentia mais a vontade ele arrebentou. De fato é uma pessoa de faro, principalmente artístico.
Para todos que pensam que toda sua ética profissional, vitimada de uma polidez pessoal é somente para o seu comercio; enganam-se. Ele é a mesma e generosa pessoa com todo mundo. Tem seus erros e acertos de cunhos homogeneos e ainda com vantagem: nunca perde a classe. Ele gosta de se divertir, sem medo; gosta de brincar, sem medo gosta de ajudar (o que poucos sabem); sem medo e é um orgulho para todo mundo que mantém uma amizade com ele. Acredito eu, que ser amigo dele é uma vitoria, tê-lo como amigo, é uma honra.
Zé, super parceiro; como primo, sobrinho e amigo, tenho vitoria e honra, não é?

Pessoas, todos bem? Bom, de novo o Zé Roberto durando a semana toda e na que vem outra surpesa. Olhem que dois poemas bacanas. A Mariana caprichou na foto que referencia Ouro Preto e eu aproveitei o aniversario desta inesquecível cidade para homenageá-la. Fazendo méritos as homenagens, fiz outra, para a querida Lelê, que além de bela dançarina, hoje representa Minas em São Paulo, com o Sexy Bomb. Eu gosto muito dela e ela sabe disso. Ao longo do blog a camisa do Nova Era Galo!!! Eu já tenho a minha especial, com o meu nome cravado nas costas.

Parabéns aos aniversariantes do dia 09 de julho. Parabéns para a amiga daqui de Belo Horizonte, Jane!! Parabéns para a amiga de Nova Era Flávia!!! Felicidades Gerais!!!
Comente Aqui

Nova Era Galo
Esta camisa abaixo foi feita com o intuito de divulgar a camisa que une o Atlético Mineiro aos atleticanos da cidade de Nova Era. Eu quero agradecer ao primo Zé Roberto pelo presente e aqui retribuir com este catálogo feito com a amiga e modelo Renata. Quem quiser adquirir a "camisa personalizada", procure o Zé Roberto no Magazim São José em Nova Era ou entre em contato comigo aqui em Belo Horizonte, através do e-mail joaolenjob@terra.com.br e dá-lhe Galo líder!!

Comente Aqui

Agenda Cultural
Em Belo Horizonte


Alguns poemas, poesias, crônicas e afins deste blog podem ser encontrados AQUI

Ester Campos
video

Agora, além da participação aqui no blog da Nanda, tem também da ESTER CAMPOS, cantora daqui de Belo Horizonte, que está, aos poucos, atingindo seu espaço cultural no espaço nacional dos grandes. Esta linda, doce e generosa amiga, que sempre me atendeu com uma atenção especial e carinhosa, vai gravar uma canção composta por mim, que em breve postarei aqui. Neste video ela canta "Visíveis a Olhos Nus" e mandou muito bem. Vocês poderão conhecer em breve nas lojas o seu disco 'Contornos'. Se vocês estão aí curiosos com a impressão de já terem a visto, não estão errados. A bela dama faz parte do elenco da Banda do Faustão e para conhecer mais ainda do seu tão talentoso trabalho, entrem AQUI. Obrigado Ester!! Espero que tudo dê certo pra você e pra gente.

A juizdeforense Nanda Cavalcante é uma das maiores cantoras do Brasil hoje. Falo isso com toda certeza do mundo. Assisti a seu show no Palacio das Artes, recentemente e pós-evento, tive o privilegio de encontrar com uma amiga de tantos anos. A conheci em minha também (pois nasci em Juiz de Fora) estimada terra, Nova Era, fruto da amizade que tenho com sua irmã, Carla. Agora, a Nanda, tem entre os próximos projetos, gravar para este blog a minha canção Foice. No mais, apresento e torço. Sucesso Nanda!!!


Terça Poética
Este é um projeto administrado pela belíssima amiga, Patrícia Avellar, dançarina e Diretora do Palacio das Artes e acho interessente que prestigiem. Eu já fui e adorei. Ainda não tive coragem de expor meu trabalho lá por uma timidez pessoal, mas um dia, quem sabe???

Minhas Comunidades no Orkut

João Lenjob

Meu Livro O Cavalo Livre de Tróia

Projeto Mulheres de Lenjob



Um Abraço!

João Lenjob
joaolenjob@terra.com.br


Inicio

Nenhum comentário:

Postar um comentário