03 outubro, 2010

Fiel Segredo, Mais Uma Vez, Infelizmente, No Luar e Sorrindo Elogiar (1.675)

Fiel Segredo
João Lennjob

Não tem como dizer que não mexo com você
E nem dizer que não gosta de mim
Porque sei que gosta e por isso evita
Sei que sente o que o sentimento exercita
Que teme provocar um encanto sem fim
E que sabe que penso somente em você.

Não tem como dizer que não mexo com você
E que nada em mim nem um pouco atiça
Você quer, tem coragem e diz que tem medo
Guarda em seu peito o mais fiel segredo
Sabe que em você tudo em si me enfeitiça
E que no final do meu caminho encontro você.


Mais Uma Vez
João Lenjob

Mais uma vez
Eu viver amando
Querendo o seu amor
Eu vou sorrir, amando
Da alegria do amor
Eu vou fazer um poema então
Usar das letras a dedicação
O meu carinho e minha atenção
Nos meus dedos, sua pele
No meu olhar e o seu rosto
Sua boca com o meu gosto
E também de todo corpo
Guardado na memoria
A lembrança também do seu gosto.


Infelizmente
João Lenjob

Não sirvo para o teu amor
Não posso me aproximar
Nem te permites para mim aparecer
Rebocas o meus sonhos para deleite
Te fluis com a ternura do amor meu
Não me serves e prestigias com o ego
Te amas e não a mim
Te gostas e nunca de mim
Me queres longes, sozinho
Te amando somente.
Queres que eu te encha de flores
Mas infelizmente não queres brotar.


No Luar
João Lenjob

No luar
Imaginação
Sonhar
E toda emoção
Admirar
A profunda expressão
Imaginar
O fundo do coração
Pulsar
Tocar a canção
Musicar
No luar
Sonhar.


Sorrindo Elogiar
João Lenjob

É só de querer
É só para amar
Jamais esquecer
Deixar de lembrar
Nunca fenecer
Sempre amar
É só de tentar
Sem dor sentir
Feliz perceber
Uma vez sorrir
É só de compor
Sorrindo elogiar
Tímido existir
E novamente amar.


co
João Lenjob
lenjob@gmail.com

3 comentários:

  1. Que maravilha te ler João.
    Gosto da ginga dessas palavras.

    Beijo.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita, volte sempre bjs

    ResponderExcluir